PRESIDENTE BILL CLINTON FALA SOBRE SUSTENTABILIDADE NA ANHEMBI MORUMBI

O evento reuniu alunos, professores e coordenadores da Universidade, assim como empresários, educadores e autoridades, além de contar com transmissão simultânea nos campi da Instituição e aos estudantes das universidades pertencentes à Laureate International Universities no Brasil, as quais são integrantes a BSP – Business School São Paulo, a Universidade Potiguar (UnP) e a Escola Superior de Administração, Direito e Economia (ESADE).

Dividindo o palco com o Presidente Bill Clinton estavam o Presidente da Laureate Education, Douglas L. Becker, o Reitor da Universidade Anhembi Morumbi, Gabriel Mario Rodrigues, e o Vice-Reitor e CEO da Universidade Anhembi Morumbi e da BSP – Business School São Paulo, Ricardo Grau.

Em sua apresentação, o 42° Presidente dos EUA ressaltou a importância de se construir forças interdependentes entre sociedade, entidades e governo, com o objetivo de combater a desigualdade social e a pobreza. “As instituições educacionais, principalmente, têm um papel fundamental nesse processo e a Anhembi Morumbi tem demonstrado isso por meio do incentivo ao empreendedorismo social de seus estudantes”, afirmou.

De acordo com o Reitor Gabriel Mario Rodrigues, a Anhembi Morumbi tem se focado na formação de empreendedores integrados ao mundo moderno e globalizado, que usam a criatividade como uma das principais ferramentas de trabalho para, por meio da própria iniciativa, resolver os diversos problemas de um mundo cada vez mais complexo. “Nosso foco está na formação de jovens dispostos a buscar soluções inovadoras, ao invés da passividade e da falta de iniciativa que caracteriza a realidade do mundo profissional em nossos dias”, afirma.

Durante o encontro, três estudantes da Anhembi Morumbi foram selecionados – como representantes do corpo discente da Universidade – para direcionar ao Presidente algumas questões elaboradas em conjunto por alunos da Instituição, sob supervisão da profa. Thania Soto Lemke, coordenadora dos cursos de Comércio Internacional e Relações Internacionais.

O Presidente Clinton ainda ressaltou seu desejo de que cada universidade criasse ONGs, com alunos de todas as disciplinas, para criar um plano de ação que favorecesse a inclusão das pessoas de baixa renda nas redes de ensino. Para a diretora de Responsabilidade Social da Anhembi Morumbi, profa. Elisabeth Vargas, “os projetos sociais contribuem para a construção de um mundo melhor a partir do capital humano, estimulando a interação entre alunos, professores e comunidades menos favorecidas, de maneira que o saber de cada um colabore com o aprendizado do outro, o que contribui para o crescimento individual do cidadão e para a mudança social”.

Já ao ser indagado pela aluna de Medicina, Michaela Ruth H. Heikotter, sobre os principais planos de combate a AIDS no mundo, o Presidente Bill Clinton, que também é fundador da Clinton HIV/AIDS Initiative, enfatizou que os preços dos remédios caíram pela metade quando os fabricantes reorganizaram seus negócios. “O preço era alto porque não havia demanda. Era como uma joalheria, com valores altos e baixa margem de lucro. Com a intervenção da Fundação Willian J. Clinton, dois milhões de pessoas, portadores do vírus, se beneficiaram em todo o mundo”.

Outra questão relevante abordada pelo presidente foi a promoção da sustentabilidade contra o aquecimento global e a importância de o Brasil assumir a liderança quando o assunto for biocombustível. “O Brasil tem a frota de carros mais limpa do mundo por possibilitar o uso de álcool e de gasolina como combustíveis, como também é o primeiro país a usar gás em transporte de massa. Por isso, possui a capacidade e a tecnologia necessárias para estar à frente em um próximo passo”, explicou Bill Clinton ao responder à pergunta do aluno de Engenharia de Produção, Ricardo Grangeiro, sobre o uso inteligente de energia.

Sendo assim, o desafio seria conseguir o aumento da produção de biocombustíveis sem afetar as florestas e aumentar o desmatamento. “O Brasil é uma fonte única de oxigênio para o mundo, representando cerca de 20% de oxigênio do mundo de origem não oceânica, advindo da floresta amazônica. Então, é fundamental preservar essa riqueza natural para que haja um desenvolvimento sustentável”, disse.

Com o objetivo de propor uma reflexão sobre como promover a mudança, durante sua apresentação o Presidente Bill Clinton repetiu em diversas ocasiões a expressão “how?” (“como?”). Segundo ele, essa é a questão essencial para a construção de um mundo melhor, mais empolgante e com um sistema de saúde extremamente bom. “Os jovens devem agir como líderes sociais, ser questionadores sobre ‘como’ devemos agir para a construção desse mundo melhor tão esperado”.

Para a profa. Thania, o evento representou um marco importantíssimo para os alunos, principalmente de Relações Internacionais, pois possibilitou o contato com a dimensão humana do Presidente Bill Clinton, ícone de uma das principais potências do mundo – os EUA –, além de proporcionar ao estudante a conscientização sobre o que é estudar em uma universidade internacional.

PROJETO

Desigualdade social, aquecimento global e sustentabilidade foram alguns dos temas abordados pelo Presidente Bill Clinton, 42° Presidente dos Estados Unidos da América e fundador da Willian J. Clinton Foundantion, durante sua apresentação realizada, no último dia 1° de junho de 2009, no Ginásio de Esportes da Universidade Anhembi Morumbi, no campus Vila Olímpia, em São Paulo.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *