Posts

, ,

Equipe de pista afina os treinos para o GP Brasil de Fórmula 1

O cockpit, que traz o emblema da FIA, divulgando sua campanha de segurança e sustentabilidade no automobilismo esportivo, é o melhor instrumento para preparar as equipes que cuidam de dois aspectos cruciais em uma corrida de F1: a remoção de um piloto em caso de acidente e a rápida intervenção dos médicos. O treino de extração do piloto pode ser executado com o cockpit na posição normal ou tombado para o lado esquerdo ou direito, quando a cabeça do piloto fica protegida pelo santo antônio. Nesse segundo caso, o primeiro médico a chegar é obrigado, praticamente, a entrar embaixo do carro para avaliar as condições do piloto.
O cockpit da FIA traz todas as características de um carro de F1 com as caixas laterais, santo antônio, banco removível, volante e cinto de segurança. O cockpit permite que o treinamento seja muito próximo da realidade de um carro de F1.
“Esta simulação faz com que a equipe enfrente uma situação, praticamente, idêntica à que pode enfrentar nos treinos ou na corrida” diz o diretor esportivo do GP Brasil, Alfredo Tambucci Jr.
Além de Tambucci Jr, o treinamento foi dirigido pelo novo diretor de prova Felippe Biazzi e pelo diretor médico do GP Brasil, Dino Altmann. E o cockpit voltará a ser utilizado também na semana no GP. Na quinta, dia 10 de novembro, haverá um exercício no box da equipe Mercedes e, na sexta, na pista, com a presença do delegado-médico da Federação Internacional de Automobilismo.

,

Ayrton Senna, há 22 anos R.I.P.

Tricampeão mundial de Fórmula 1, Ayrton Senna morreu durante o Grande Prêmio de San Marino, em Ímola. O brasileiro perdeu o controle de sua Williams e bateu na curva Tamburello.

Ayrton Senna – A História em 1 Minuto

Durante os 10 anos de carreira, uma imagem de Senna a cada vitória se transformou em uma marca: a bandeira do Brasil tremulando na mão. “(O que me lembra ele) é a cena do cockpit com a bandeira fora”. “É a procura da bandeira, o falar do país, a maneira de se posicionar. E uma outra coisa: não falar o que você faz. As pessoas falam por você”.

Ayrton Senna

Canal Senna TV – Trailer 2016

Esse é o Senna TV, é um canal sobre o maior piloto de automobilismo de todos os tempos!

Para inaugurar o Senna TV, nada melhor do que bater um papo sobre a estreia de nosso tricampeão mundial com um jovem estreante da Formula 4, o piloto Giuliano Raucci.

Ayrton Senna superou até mesmo as barreiras do automobilismo! Em uma conversa com a ex-jogadora Magic Paula, falamos sobre como ele inspira esportistas de todo o mundo em diversas categorias.

Ayrton Senna Documentário – The Right To Win

, ,

Ayrton Senna da Silva | Nosso Campeão Brasileiro!!!!

Ayrton Senna da Silva (São Paulo, 21 de março de 1960 — Bolonha, 1 de maio de 1994) foi um piloto brasileiro de Fórmula 1, três vezes campeão mundial, nos anos de 1988, 1990 e 1991. Foi também vice-campeão no controverso campeonato de 1989 e em 1993. Morreu em acidente no Autódromo Enzo e Dino Ferrari, em Ímola, durante o Grande Prêmio de San Marino de 1994. É reconhecido como um dos maiores nomes do esporte brasileiro e um dos maiores pilotos da história do automobilismo.
Senna começou sua carreira competindo por kart. Mudou-se para competições de automobilismo em 1981, sagrando-se campeão do Campeonato Britânico de Fórmula 3 após 2 anos de sua estreia. Seu bom desempenho na Fórmula 3 impulsionou sua ascensão à Fórmula 1, fazendo sua primeira aparição na categoria no Grande Prêmio do Brasil de 1984 pela equipe Toleman-Hart, tendo abandonado a corrida na 8a volta. Em sua primeira temporada, Senna conseguiu pontuar em 5 corridas, fechando o ano com treze pontos e a 9a posição na classificação geral dos pilotos. No ano seguinte, trocou a Toleman-Hart pela Lotus-Renault, equipe pela qual venceu seis Grands Prix ao longo de três temporadas. Em 1988, juntou-se o francês Alain Prost (que seria seu maior rival em sua carreira)13 na McLaren-Honda e viveu anos vitoriosos pela equipe. Os dois juntos venceram 15 dos 16 Grands Prix daquela temporada, e Senna sagrou-se campeão mundial pela primeira vez. Prost levou o campeonato de 1989, e Senna retomou o título em 1990 – ambos títulos foram decididos por colisões entre os pilotos no Grande Prêmio do Japão. Na temporada seguinte, Senna faturou seu terceiro título mundial, tornando-se o piloto mais jovem a conquistar um tricampeonato na Fórmula 1 – façanha que foi mantida até o final da temporada de 2012, quando Sebastian Vettel chegou ao tricampeonato vencendo por três anos consecutivos. A partir de 1992, a equipe Williams-Renault dominou amplamente a competição. Ainda assim, Ayrton senna conseguiu terminar a temporada 1993 como vice-campeão, vencendo cinco corridas. Negociou uma transferência para Williams em 1994.
Sua reputação de piloto veloz ficou marcada pelo recorde de pole positions que deteve. Sobre asfalto chuvoso, demonstrava grande capacidade e perícia, como demonstrado em atuações antológicas nos GPs de Mônaco 1984, de Portugal 1985 e da Europa 1993. Senna ainda detém o recorde de maior número de vitórias no prestigioso Grande Prêmio de Mônaco – seis – e é o terceiro piloto mais bem sucedido de todos os tempos em termos de vitórias.
Em dezembro de 2009 a revista inglesa Autosport publicou uma matéria onde fez uma eleição para a escolha do melhor piloto de Fórmula 1 de todos os tempos. A revista consultou 217 pilotos que passaram pela categoria, e Ayrton Senna venceu tal votação.
A rede de comunicação estatal britânica, BBC, elegeu o brasileiro Ayrton Senna como o melhor piloto de Fórmula 1 da história. “Provavelmente nenhum piloto da Fórmula 1 tenha se dedicado mais ao esporte e dado mais de si mesmo em sua rígida busca pelo sucesso. Ele era uma força da natureza, uma combinação incrível de muito talento e, em alguns casos, uma determinação espantosa”, aponta o texto publicado no site da BBC.
Em 2012, o SBT realizou o programa O Maior Brasileiro de Todos os Tempos para eleger a maior personalidade do país. Ayrton Senna ficou entre os 12 mais votados, sendo vencido por Chico Xavier em uma das semifinais do programa.

Em 2014, foi homenageado pela escola de samba Unidos da Tijuca, que veio a ser campeã do carnaval carioca.
É considerado um dos maiores ídolos do esporte no Brasil, ganhando inclusive a alcunha de herói nacional por parte da mídia especializada.

Leia mais

Eventos

Nothing Found

Sorry, no posts matched your criteria