Posts

Kombi 1959

A Volkswagen Kombi foi um automóvel utilitários e sua construção robusta monobloco (sem chassi), suspensão independente com barras de torção, além da excêntrica posição do motorista no carro (sentado sobre o eixo dianteiro e com a coluna de direção praticamente vertical), o tornam um veículo simples e robusto, de baixo custo de manutenção. Sua motorização é um caso a parte: embora os modelos recentes possuam motores mais modernos, durante 50 anos o motor que equipou o veículo no Brasil foi o tradicional “boxer” refrigerado a ar, simples e muito resistente. Tal durabilidade geralmente superava em muito a do resto do carro, sendo comum nas ruas brasileiras ver carros totalmente destroçados, porém com o motor rodando perfeitamente. A despeito disso, a Kombi é um carro que, se usado dentro das especificações padrão, pode durar um longo período.

Se você tem uma empresa e ela ainda não quebrou, pode ser apenas sorte

Bem, não era preciso ir até a Suiça para descobrir isso. A Uber está mudando o transporte urbano no mundo inteiro e no Brasil já existe uma forte reação de taxistas e frotistas ao novo modelo. O WhatsApp e o Skype fizeram um rombo nas finanças das empresas de telefonia. A Amazon ajudou a fechar livrarias em centenas de lugares e a Airbnb oferece a seus hóspedes lugares surpreendentes como a casa-avião para quem não quer mais ficar num hotel pão-com-manteiga sem graça.

Até as montadoras de automóvel andam assustadas. E com razão. O carro elétrico não foi criado por elas. O acessório mais útil para enfrentar o trânsito das cidades, o Waze, foi feito por uma startup que hoje pertence ao Google. O veículo sem motorista não nasceu em Detroit mas em Mountain View. Tentando correr atrás do prejuízo, este mês a Ford, GM e a BMW lançaram programas que oferecem aos compradores dos seus modelos a oportunidade de alugar os veículos para outras pessoas quando eles não estiverem sendo usados. Assim, seus proprietários ganham uma nova fonte de renda. Nada como aprender com o inimigo, não é mesmo?

A moderna tecnologia não está criando só novos produtos e serviços mas principalmente novos modelos de negócio que as empresas tradicionais nem sonhavam. Aliás, sonhar, nunca foi tão importante hoje para acordar vivo amanhã.

Coluna de Ruy Lindenberg criada originalmente para Reclame no Rádio, na Rádio Estadão.

, , , ,

Mercebes-Bens C 200 Kompressor Avantgarde

A Mercedes-Benz C-Class é uma linha de carros executivos compactos produzidos pela Daimler AG . Introduzido em 1993 como um substituto para o 190 (W201) gama, o C-Class foi o menor modelo lineup da marca até a chegada do Classe A , em 1997. A Classe C é construído nas fábricas da Mercedes-Benz em Sindelfingen e Bremen , na Alemanha, bem como numerosas fábricas de satélites de outros países. O primeiro sedan C-Class (W202) foi produzido em 1 de junho de 1993, eo primeiro da segunda geração (W203) saiu da linha de montagem em 18 de Julho de 2000. A terceira geração mais recente (W204) foi lançado em 2007.

Embora originalmente vendido como sedan e station wagon, a série W203 em 2000 estreou uma versão cupê fastback / hatchback que, quando um facelift, tornou-se a CLC-Class da Mercedes-Benz. O CLC-Class permaneceu em produção até 2011, quando foi substituído por um novo cupê C-Class W204-based para o ano modelo 2012.

TP EVENTOS AGORA COM VEÍCULOS EXECUTIVOS DE LUXO

C 200 Avantgarde

Ano: 2009
Cor: Branca
Fabricante: Mercedes-Bens
Potência: 184 cv a 5.500 rpm
Motor: 1.8 16v
Velocidade máxima: 229,2 km/h
Ar condicionado
Rodas 17 polegadas
Faróis de xenônio
Sensor de temperatura na cabine
Locação com Motorista
Perfeito estado de conservação
Foto 1 | Foto 2