,

O Monge e o Executivo

Fotos

Os desafios de um bom líder – seja na condução de uma equipe de trabalho ou em outras situações cotidianas – é o tema central da peça “O Monge e o Executivo”, inspirada no best-seller homônimo do escritor americano James Hunter. Em quase oito anos nos palcos, mais de 80 mil espectadores já assistiram ao espetáculo.

Entre os dias 1º e 4 de abril, o espetáculo estará em cartaz no Teatro Gamaro, localizado na Mooca, Zona leste da cidade São Paulo. Os ingressos variam entre R$ 60 (antecipados) e R$ 100 e estão disponíveis no site ingressorapido.com.br.

A obra traduzida em 11 idiomas. que já vendeu mais de quatro milhões de cópias apenas no Brasil, retrata a trajetória de Leonard Hoffman, um famoso empresário que largou a carreira para se tornar um monge beneditino e sua troca de conhecimentos com o executivo John, que passa algum tempo no mosteiro em busca de ajuda.

John é um executivo que se preocupa apenas com metas do trabalho, deixando de lado o bem-estar de empregados, dos amigos e da família. A pedido de sua esposa ele aceita passar uma semana no mosteiro, principalmente para conhecer Hoffman e colher dicas sobre trabalho. Mas é no retiro que John aprende muito mais do que novas estratégias para seus negócios. O período passa a ser uma grande experiência para refletir sobre seus atos e se tornar uma pessoa melhor.

SERVIÇO

Local: Teatro Gamaro – Rua Dr. Almeida Lima, 1.176, Mooca, zona leste, São Paulo, SP. Tel.: (11) 2081-5924.
Datas: 1, 2, 3 e 4 de abril.
Horários: 19h30 (dom.); 20h30 (demais dias). Ingr.: R$ 60 (antecipado) a R$ 100 (site: ingressorapido.com.br). Bilheteria: Quarta à Domingo das 14h ás 19h.
Duração: 90 minutos. Livre.

Ficha Técnica
• Produtor Executivo: Vagner Molina (www.vagnermolina.com.br)
• Diretor Artístico: Adriano Paixão;
• Diretora de Produção: Louri Batista;
• Direção de Palco: Lia Antunes;
• Iluminação: Vânia Nunes Jaconis;
• Sonoplasta: Rafael Vasconcelos Alves;
• Elenco: 07 atores.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *