,

Leonard Nimoy | Mr.Spock | Vida Longa e Próspera

O ator, que morreu esta sexta-feira, aos 83 anos, vítima da doença que anunciou há um ano no Twitter, terminou a mensagem com a inscrição de sempre: “LLAP”, as iniciais de “Live Long and Prosper” (Vida Longa e Próspera”), a tradicional saudação vulcana.

Confira as frases que marcaram sua carreira:

“Vida longa e próspera” – Mr. Spock
“Eu sempre fui e sempre serei seu amigo” – Mr. Spock
“Sou grato para o espaço que a ficção científica tem me dado” – Leonard Nimoy
“Busque maneiras de contribuir com a sociedade, porque Deusa sabe que precisamos de contribuições para as gerações futuras” – Leonard Nimoy

Biografia
Leonard Simon Nimoy nasceu em Boston, Massachusetts, nos Estados Unidos. Ficou conhecido mundialmente depois de interpretar Sr. Spock, de “Jornada nas Estrelas”. Ele atuou ainda na série “Missão: Impossível”, no período entre 1969 e 1971.
De acordo com o IMDB, seu último trabalho foi no longa “Além da Escuridão: Star Trek”, de 2013, vivendo novamente Spock.

Leonard Simon Nimoy (Boston, 26 de março de 1931 – Los Angeles, 27 de fevereiro de 2015)1 foi um ator, cineasta, poeta, pintor e fotógrafo dos Estados Unidos.

Seu papel mais conhecido é como o Sr. Spock, das série de TV e nos filmes de Jornada nas Estrelas Star Trek. Também atuou na série clássica Missão: Impossível, nas temporadas de 1969-1971 e fez um episódio da primeira temporada de Agente 86. Nimoy participou do episódio “O Gorila” da série “Bonanza”, dirigido por James P. Yarbrough, em 17 de dezembro de 1960.

Em Star Trek, Spock personificava o raciocínio lógico próprio do seu lado vulcano dominante, sem manifestar emoções. Mas em um dos episódios (This Side of Paradise), Spock tem um rápido namoro quando seu lado humano é liberado. Anos depois Leonard Nimoy gravou uma canção chamada “Once I Smiled” (em tradução livre: Uma vez eu sorri), cujo tema era a namorada de seu personagem. Spock é até hoje um dos mais conhecidos e adorados personagens de Jornada nas Estrelas e representava o lado lógico do trio formado também por Kirk (William Shatner) e Dr. McCoy (DeForest Kelley). Dirigiu Jornada nas Estrelas: À Procura de Spock e Jornada nas Estrelas: A Volta para Casa.

Um de seus trabalhos menos conhecidos é a narração do jogo Civilization IV, de 2005.

Nimoy era vegetariano, tinha três filhos e era casado com a atriz Susan Bay. Nos ultímos anos se aposentou da carreira no cinema, para se dedicar à fotografia.

Nimoy atuou na série de tv da Fox, Fringe em que interpretou “William Bell”.

Leonard caracterizado como o personagem Spock.
Em 2011, dublou o filme Transformers: Dark of the Moon fazendo o autobot “Sentinel Prime”, mentor e antecessor de “Optimus Prime”. Em 1986, ele dublou “Galvatron” em The Transformers: The Movie.

O ator informou, no começo de 2014, que estava com uma doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), ocasionada por anos do uso de tabaco. Em 27 de fevereiro de 2015, morreu por complicações dessa doença.

Jornada nas Estrelas – O Cérebro De Spock

Spock é um personagem da franquia de entretenimento Star Trek. Interpretado primeiramente por Leonard Nimoy na série Star Trek original, Spock também aparece na série de animação Star Trek, dois episódios de Star Trek: The Next Generation, sete filmes da franquia e inúmeros livros, quadrinhos e video games. A partir do filme Star Trek (2009), o personagem passou a ser interpretado por Zachary Quinto.

Spock serve a bordo da nave estelar USS Enterprise, como oficial de ciências e primeiro oficial, e mais tarde como oficial comandante. A ascendência mista vulcana/humana de Spock, sendo também um dos primeiros vulcanos a servir na Frota Estelar (o primeiro vulcano é a oficial T’Pol, que serviu a bordo da Enterprise em 2151). Serve como importante elemento de enredo em várias aparições do personagem. Junto com James T. Kirk e Leonard McCoy, ele é um dos três personagens centrais da série original de Star Trek e seus filmes. Depois de se aposentar da Frota, Spock se torna embaixador da Federação Unida dos Planetas, contribuindo para o fim da animosidades entre a Federação e o Império Klingon. Anos mais tarde, ele serve como embaixador da Federação no Império Estelar Romulano e fica envolvido na mal sucedida tentativa de salvar Romulus de uma supernova.

Impacto cultural

Spock já foi parodiado por, e foi a inspiração para, muitos trabalhos da cultura popular em várias mídias. O álbum 1976 Solo Keyboard Album do compositor/tecladista George Duke possui duas faixas que fazem uma homenagem à Spock: “Spock Gets Funky” e “Vulcan Mind Probe”. O guitarrista Paul Gilbert escreveu a canção “Mr. Spock” em seu álbum Space Ship One. O grupo synthpop sueco S.P.O.C.K faz músicas muitos inspiradas pelo universo Star Trek. Até Nimoy entrou no negócio; assumindo o personagem de Spock, Nimoy gravou algumas músicas, a primeira foi “Highly Illogical”, onde Spock aponta os pontos fracos do pensamento humano, como relações, automóveis e ganância. A segunda canção, “A Visit to a Sad Planet”, teve um tom mais sombrio e contava a história de Spock visitando a Terra no futuro e descobrindo que ela foi arruinada pela guerra, violência e irresponsabilidades ambientais. De acordo com o roteirista de quadrinhos Bob Budiansky, o personagem Shockwave, de The Transformers, foi inspirado em Spock. A perspectiva utilitária de Spock de que “as necessidades de muitos superam as necessidades dos poucos” é citada em uma decisão legal do Suprema Corte do Texas.

A contraparte “espelho” de Spock em “Mirror, Mirror”.
A aparência física de Spock no episódio “Mirror, Mirror” tem gerado uma alegoria para o arquétipo do “irmão malvado” em vários gêneros ficcionais. Naquele episódio, alguns membros da tripulação da Enterprise viajam para um universo paralelo habitado por versões maléficas deles mesmos. A versão de Spock do universo paralelo distingue-se fisicamente por seu cavanhaque. Exemplos de aparições más de personagens com cavanhaque incluem: o episódio de South Park “Spookyfish”, onde o “Cartman espelho”, que tem um cavanhaque, é mais um personagem “bom” do que o personagem sem barba, o “Cartman regular”; em Futurama o cavanhaque é referenciado pelo “irmão malvado” de Bender, Flexo, que é constantemente acusado de ser o Bender mal devido à seu cavanhaque; e em 2009, em um episódio de The Colbert Report, Stephen Colbert e o congressista Dan Maffei (um fã de Star Trek) usaram cavanhaques falsos e interpretaram versões malvadas deles mesmos.

Depois do lançamento de Star Trek em 2009, Spock foi comparado ao Presidente Barack Obama por várias mídias. Maureen Dowd notou que “Sr. Obama tem um pouco do Sr. Spock nele (e não apenas as orelhas engraçadas). Ele tem uma lógica parecida com a vulcana e destacamento”. Steve Daly, da Newsweek, disse “a natureza calma e analítica de Spock parece mais fascinante e atual do que nunca, agora que colocamos um tipo de vulcano na Casa Branca”, e notou que ambos Spock e Obama são produtos de casamentos interraciais.

Espécie: híbrido Vulcano/Humano
Afiliação: Federação Unida dos Planetas
Frota: Estelar
Governo: Vulcano
Patente: Tenente-Comandante | Comandante | Capitão
Ocupação: Oficial da Frota Estelar | Embaixador da Federação
Número de série: S 179-276 SP
Nascimento: 2230
Pai: Sarek
Mãe: Amanda Grayson
Irmão(s):Sybok
Cônjuge: T’Pring
Interpretado por: Leonard Nimoy

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *