CHACRINHA O MUSICAL

A Peça

Com texto de Pedro Bial e Rodrigo Nogueira e direção musical e arranjos de Delia Fischer, a superprodução da Aventura Entretenimento é protagonizada por Stepan Nercessian e Leo Bahia, que vivem o apresentador em fases distintas. Gringo Cardia assina a cenografia que vai remeter ao lendário Cassino do Chacrinha.

A trilha sonora reúne mais de 60 sucessos da música nacional.

Maior comunicador do rádio e da TV brasileira, Abelardo Barbosa costumava dizer que “Na televisão nada se cria, tudo se copia”. Paradoxalmente, não teve ninguém até hoje que conseguiu copiar a espontaneidade do Velho Guerreiro. Comandante de extravagantes concursos de calouros, responsável por revelar grandes nomes da música nacional e inventor de bordões infames, o apresentador agora é homenageado em ‘Chacrinha, o musical’, que estreia dia 27 de março, no Teatro Alfa, após uma temporada de sucesso no Rio. Com orçamento de R$ 12 milhões, a montagem é assinada pela Aventura Entretenimento, maior produtora de musicais do país. Com texto de Pedro Bial e Rodrigo Nogueira, o espetáculo marca a primeira direção teatral de Andrucha Waddington e o fim da trilogia Uma Aventura Brasileira, iniciada por ‘Elis, A musical’ (em sua segunda temporada carioca) e ‘Se eu fosse você, o musical’ (em cartaz em São Paulo). Com apresentação do Bradesco Seguros, Chacrinha, o musical tem patrocínio de EMS, Multiplus, Raízen e Sem Parar.

O espetáculo acompanha a trajetória do apresentador desde sua infância em Surubim, Pernambuco, até o auge da carreira na TV Globo, comandando o programa de auditório “Cassino do Chacrinha”, com espaço para as rebolativas chacretes, os trocadilhos infames, buzinadas e troféu abacaxi. Dois atores dão vida ao protagonista: Stepan Nercessian interpreta o Chacrinha consagrado no rádio e na TV, enquanto Leo Bahia incorpora o jovem Abelardo Barbosa. Aos 60 anos, Nercessian volta aos palcos depois de mais de 10 anos sem trabalhar no teatro. “Eu sempre disse que só voltaria se fosse para participar de um projeto muito especial. É uma atividade que requer muita dedicação, esforço e disciplina. Falei desde o início que não sou um imitador. Vou criar o meu personagem através da emoção que ele me provocar”, explica Stepan. Revelação no espetáculo universitário ‘The Book of Mormon’, Leo Bahia, de 23 anos, foi escolhido durante as audições que reuniram mais de 400 atores no total. “O Chacrinha permanece vivo, mesmo para a geração que não acompanhou sua carreira. Ele representa grande parte da história da televisão brasileira”, avalia Leo. Completam o elenco 22 atores-cantores-bailarinos, que dão vida a familiares do Velho Guerreiro e personalidades que fizeram parte da vida do apresentador como Boni (Saulo Rodrigues) e Elke Maravilha (Mariana Gallindo).

O diretor Andrucha Waddington faz sua estreia na atividade teatral depois de quase três décadas de carreira dedicada à produção cinematográfica. “O importante para mim neste trabalho é fazer um musical que saia da caixa, seja algo novo. Só assim conseguiremos honrar o espírito do Chacrinha. Vou dirigir como se fosse um filme, que é a atividade com a qual estou acostumado. Mas ambos os trabalhos partem do mesmo ponto fundamental, que é a dramaturgia”, explica o diretor.

‘Chacrinha, o musical’ é a terceira produção da primeira trilogia Uma Aventura Brasileira, comandada pelos sócios da Aventura Entretenimento Aniela Jordan, Fernando Campos e Luiz Calainho, que reúne espetáculos 100% nacionais em parceria com uns dos mais competentes autores e diretores do país. Depois de ‘Elis, A musical’ (com direção de Dennis Carvalho) e ‘Se eu Fosse Você, o musical’ (com supervisão geral de Daniel Filho), o jornalista Pedro Bial e o cineasta Andrucha Waddington foram convidados para levarem novas ideias ao gênero musical. “A Aventura Entretenimento quer diversificar suas produções, e um caminho para isso é convidar para os projetos profissionais bem-sucedidos em outras áreas, que possam pôr em prática propostas inovadoras e fazer com que a gente não siga uma fórmula. Outras trilogias virão”, conta Aniela Jordan.

A primeira trilogia Uma Aventura Brasileira contribuiu para o crescimento dos musicais nacionais genuínos, depois do sucesso alcançado por adaptações de clássicos da Broadway no país. “Estamos fazendo história no teatro musical. No Brasil, há uma capacidade criativa gigante. O que falta no país é uma boa gestão. E a Aventura, assim como outras grandes empresas, tem procurado implementar a gestão de alto nível. Se Chacrinha fosse vivo, ele continuaria a estar à frente do tempo dele. Então, temos o privilégio, o prazer e a honra de colocar esse espetáculo de pé em um momento em que os musicais brasileiros estão tão fortalecidos”, celebra Luiz Calainho, empresário, sócio da Aventura Entretenimento.

A trama

O jornalista Pedro Bial foi responsável pelo primeiro tratamento do texto, a partir de extensa pesquisa de Carla Siqueira. A trama é dividida em dois atos, com espaço para episódios biográficos e momentos líricos e fantasiosos. A infância difícil com a falência do pai, o ingresso no rádio e revolução que ele promoveu na televisão brasileira são temas presentes, assim como momentos em que são revelados sua bipolaridade, autoritarismo e obsessão pelos números de audiência. “Responder a pergunta: ‘por que Chacrinha?’ é difícil. Temos que perguntar: ‘Como Chacrinha?’ . ‘Como o Abelardo inventou o Chacrinha?’ ,’Como esse sujeito inaugurou no Brasil e no mundo a comunicação de massas?’, ‘Como esse cara inventou o primeiro palhaço da televisão?’, ‘De onde ele tirou isso?’. A gente se pergunta e vai atrás das respostas durante o espetáculo”, descreve Bial. O dramaturgo Rodrigo Nogueira frisa o lado teatral que sempre marcou a carreira do apresentador. “Acho que o Chacrinha é uma das pessoas mais teatrais que eu já conheci. Ele conseguiu levar a profanação para a televisão, um ambiente que até então era careta e regido por fórmulas. O que a gente quer fazer é pegar toda essa liberdade e excentricidade e jogá-las de volta ao teatro. O público vai ter a oportunidade de viver a experiência que tinha quando assistia aos seus programas”, detalha Rodrigo.

A trilha sonora é composta por mais de 60 canções (com medleys) consagradas na história da música nacional. Muitos desses sucessos fizeram parte do repertório do Cassino do Chacrinha e dos artistas que o comunicador ajudou a consagrar, como ‘O meu sangue ferve por você’ (Sidnei Magal), ‘O amor e o poder’ (eternizada por Rosana), ‘Tente outra vez’ (Raul Seixas), ‘Televisão’ (Titãs) e ‘Fogo e Paixão’ (Wando). “O espetáculo reúne músicas desde o fim dos anos 30 até meados dos 80, apresentadas nos últimos programas. Entre os musicais em que trabalhei, este é o que reúne canções com comunicação mais imediata da plateia. São obras bem populares, mas que os espectadores terão oportunidade de escutar de uma outra forma. Muitas são consideradas bregas, mas são belíssimas”, conta a diretora musical Delia Fischer. Os atores são acompanhados por uma banda de nove músicos.

Também fazem parte da equipe criativa o diretor de movimento Alonso Barros (Diretor e coreógrafo de ‘Se eu fosse você, o musical’, em cartaz em São Paulo), Gringo Cardia (Direção de arte e cenografia), Carlos Esteves (Desenho de som), Claudia Kopke (Figurinista), Paulo César Medeiros (Desenho de luz) e Marcela Altberg (Produção de elenco).

Ficha Técnica

Atores:

STEPAN NERCESSIAN como velho Guerreiro.
LEO BAHIA como Abelardo Barbosa.

Elenco:

BETO VANDESTEEN
Diretor, Antônio Medeiros (Pai), Titãs, Paulo Montenegro, Delegado
CHRIS PENNA
Cangaceiro, Mário Reis, Titãs, Fábio Júnior, Aracy de Almeida, Leleco Barbosa, Caetano Veloso
DIEGO CAMPAGNOLLI
Cangaceiro, China, Dercy Gonçalves, Russo, Jornalista, Jaguar, Censora
ERIKA RIBA
Noiva, Florinda Barbosa (fase 2), Clara Nunes, Chacrete (Cléo Toda Pura)
GABRIEL LEONE
Boi, Fernando Lobo, Roger (Ultraje a rigor), Roberto Carlos, Novos Baianos
LAURA CAROLINAH
Pastora, Gringa, Rosana, Wilza Carla, Baby Consuelo, Chacrete (Fernanda Terremoto)
LEILANE TELES
Pastora, Nega do cordel, Casal da valsa, Caloura, Seu Sete da Lira, Chacrete (Índia Potira)
LÍVIA DABARIAN
Pastora, Mulher-pássaro, Moça do suéter, Chacrete (Rita Cadillac)
LUÍZA LAPA
Pastora, Carmen Miranda, Elba Ramalho, Maninha, Chacrete (Sarita Catatau)
MARIANA GALLINDO
Mulher do cabelo grande, Casal da valsa, Elke Maravilha
MATEUS RIBEIRO
Cachorro, Antônio Maria, Titãs, Pedro de Lara, Nanato Barbosa, Policial
MILTON FILHO
Homem do berrante, Crooner, Orlando Silva, Titãs, Padre, Coronel Paiva Chaves, Novos Baianos, Policial
PATRICK AMSTALDEN
Mágico, Fritz, Ritchie, Jorge Barbosa
PAULA SANDRONI
Aurélia Barbosa (Mãe), Chacrete (Gracinha Copacabana)
PAULO DE MELO
Cachorro, Casal da valsa, Souza Barros, Gonzaguinha, Psicanalista, Novos Baianos
PEDRO HENRIQUE LOPES
Boi, Oficial, Titãs, Benito de Paula, Jece Valadão, Psiquiatra, Novos Baianos
RENAN MATTOS
Homem da viola, Casal da valsa, Sidney Magal, Gringo, Ney Matogrosso, Tarso de Castro
SAULO RODRIGUES
Padre/Diabo, Boni, Dorival Caymmi
STEPHANIE SERRAT
Pastora, Florinda Barbosa (fase 1), Wanderléa, Chacrete (Loura Sinistra)
TADEU FREITAS
Guarda, Calouro, Ultraje a rigor, Novos Baianos, Prefeito
NATACHA TRAVASSOS
Swing feminino
RODRIGO MORURA
Swing masculino

Chacretes:

CAROLINA FRANÇA
DEBORA POLISTCHUCK
FABIANA GOIS
FABIANA SALABERT
FERNANDA COSTA
GABRIELLA ZECCHINELLI
IURI SOARES DE FREITAS
LAURA BRAGA
LIDIANE DE PAIVA MOREIRA
MARIANA GOMES MENDES DA CUNHA
PAOLA POLINY
TAISA MIGUEL BACHUR

Músicos:

CLAUDIA ELIZEU
Pianista regente e Teclado
RAFAEL MAIA
Bateria e Percussão
MATIAS CORRÊA
Baixo
ANDRÉ DANTAS
Guitarra, Violão e Cavaquinho
LEVI CHAVES
Saxofone alto, Flauta e Clarinete
ELIAS CORRÊA
Trombone
THAIS FERREIRA
Violoncelo
CLARA SANTOS
Violino
CHRISTIAN BIZZOTTO
Teclados e Acordeão

AGENDA:

27 DE MARÇO A 26 DE JULHO

Quintas feiras: 21h

Sextas-feiras: 21h30

Sábados: 16h e 20h

Domingos: 19h

Site: Teatro Alfa

Programa BASTIDORES (Multishow) – Especial CHACRINHA, o musical (Rio de Janeiro)

2 respostas
  1. APARECIDA
    APARECIDA says:

    EXCEPCIONAL. MUITO BOM ESTA PEÇA MUSICAL. PARABENS A TODOS , PRINCIPALMENTE A UMA DAS CHACRETES PAOLA POLINY , DANÇA MUITO . MAS TA FALTANDO ELA LA NA GLOBO . BIAL AJUDA AI NE , TA FALTANDO UMA BELDADE DESTA NA GLOBO.

    Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *