, , , , , , ,

Cadastur

O CADASTUR visa promover o ordenamento, a formalização e a legalização dos prestadores de serviços turísticos no Brasil, por meio do cadastro de empresas e profissionais do setor. O Brasil é uma terra de muitas culturas, crenças e povos. Uma nação multicolorida, divertida e com diversos lugares maravilhosos para se conhecer, o que torna cada visita uma experiência única e enriquecedora.

Para que esse universo de maravilhas não perca o brilho, é necessária uma prestação de serviços confiável e de qualidade. Pensando nisso, o Ministério do Turismo criou o CADASTUR, um sistema online de cadastro dos prestadores de serviços turísticos. Esse banco de dados, além dos inúmeros benefícios para o setor, é uma importante fonte de consulta para o mercado turístico brasileiro.

A partir da Lei do Turismo 11.771/08, o cadastro no MTur foi instituído para as empresas e os profissionais de turismo.

O CADASTRO É OBRIGATÓRIO?

Sim, conforme a Lei nº 11.771, de 17 de setembro de 2008, o cadastro é obrigatório para:
·         Acampamentos Turísticos;
·         Agências de Turismo;
·         Meios de Hospedagem  (albergue, condo-hotel, flat, hotel urbano, hotel de selva, hotel fazenda, hotel                                                         histórico, pousada ou resort);
·         Meios de Hospedagem – cama e café (somente para MEI);
·         Organizadoras de Evento;
·         Parques Temáticos;
·         Transportadoras Turísticas;
·         Guias de Turismo.
O cadastro também é obrigatório para exercer a profissão de Guia de Turismo, conforme Lei nº 8.623, de 28 de janeiro de 1993.

Certificado CADASTUR TP Eventos 

Em caráter opcional, também poderão se cadastrar:

· Restaurantes, Cafeterias e Bares

· Centros de Convenções

· Empreendimentos de Apoio ao Turismo Náutico

· Casas de Espetáculo e Equipamentos de Animação Turística

· Prestadoras de Infraestrutura de Apoio para Eventos

· Locadoras de Veículos

· Prestadores Especializados em Segmentos Turísticos

· Empreendimentos de Entretenimento e Lazer & Parques Aquáticos

 

O Cadastro é gratuito. Cadastre-se agora e faça parte do CADASTUR.

Link para Cadastro.

Contato 0800 200 8484 ou e-mail para atendimento.cgst@turismo.gov.br.

 

Vantagens de estar cadastrado

– Possibilidade de participação em eventos, feiras e ações realizados pelo Ministério do Turismo e pela Embratur;

– Acesso a linhas de financiamento específicas para o turismo, por meio de bancos oficiais e participação em programas de qualificação;

– Oportunidade de negócios por meio do cadastramento nos sites www.viajamais.com.br, www.vaibrasil.com.br e www.portaldehospedagem.com.br, entre outros;

– Excelente fonte de visibilidade da empresa e profissional.

 

Cadastur em São Paulo Endereço:

Praça Ramos de Azevedo, 254, 5º andar Centro – SÃO PAULO, SP – CEP: 01037-010

Fone: (11) 3204-2835 / 2851 / 2827

E-mail: cadastur@turismo.sp.gov.br

Horário de atendimento: das 10h às 16h

Para mais informações, acesse www.cadastur.turismo.gov.br.

Nesse site, também é possível consultar todos os prestadores de serviço cadastrados em todo o país.

 

, , ,
Tony Roma´s | Eventos

Mais de 45 anos de sucesso mundial. Presente em todos os continentes. Única a produzir molhos originais, alguns exclusivos, com variações surpreendentes. Um lugar para pessoas descoladas e de paladar apurado. Sabe de quem estamos falando? Da rede de restaurantes Tony Roma´s.
Se ao ouvir este nome você acha que sabe o que é – mas não exatamente – está na hora de mudar a página e conhecer a história de uma rede internacionalmente famosa, que chegou ao Brasil há exatos 5 anos. Trouxe, no cardápio, a mais impressionante receita de costela do planeta servida com o, inúmeras vezes premiado, molho barbecue, preparado com receita original. Essa costela já viajou o mundo todo, mas ela se tornou famosa sem querer, pois, o primeiro restaurante sequer servia costelas. Para saber que caminhos percorre um prato venerado em todo o mundo, vale conhecer um pouco dessa história.
Em 1972 o primeiro restaurante do italiano Tony Roma, começou a funcionar em North Miami, na Flórida. O fundador, antes de criar uma casa com seu próprio nome, era um frequentador das altas rodas de Hollywood. Foi diretor de comida e bebidas do Playboy Club de NY, tendo como chefe o poderoso Hugh Heffner, criador da revista. Na década de 60 por trabalhar na vida noturna convivia com artistas famosos como Tony Bennett e os componentes do então infame Rat Pack formado por Frank Sinatra, Deam Martin e Sammy Davis Jr. Ao se aposentar dessa vida glamorosa resolveu mudar-se para Miami e abriu seu próprio restaurante, o Roma’s Place, especializado em Steaks e Hambúrgueres.
Aí teve um dia (e sempre tem um dia) que ele – e o chefe David Smith -resolveram colocar na grelha uma Baby Back Ribes, a costela de porco, servida com um molho que eles criaram. O que era para ser um item temporário no menu se tornou o carro chefe da casa, que conquistou meio mundo. E pode parecer surpreendente, mas foi no outro lado do mundo, literalmente, onde a primeira franquia foi parar. Em 1979 foi inaugurada o Tony Roma´s em Tóquio. E, até a Indonésia, tem um Tony Roma’s para chamar de seu desde 1994. E porque demorou tanto para chegar ao Brasil?
Porque precisou um brasileiro, apaixonado pela marca, assumir a empreitada de trazer a Rede para o país. Carlos Passos, que por muitos anos atuou com Comércio Exterior e depois no segmento de suprimentos de Aviação na Vasp, experimentou sua primeira costela em 2007 com amigos que preparavam um churrasco antes de assistirem, no estádio, a um jogo de futebol americano. Ao voltar para o Brasil, no dia seguinte, fez questão de passar no mesmo restaurante e comer mais uma vez aquela costela. Foi fisgado.
De Tóquio para Moema e Morumbi. Os bairros de São Paulo que receberam as duas primeiras unidades da Rede Tony Roma’s, foram escolhidos de maneira a acolher um cinturão do entorno, o mais amplo possível. A vizinhança é exigente e boa parte conhece a marca por suas viagens a negócios ou de férias no exterior. Pessoas que frequentam os dois restaurantes têm, em comum, o prazer de saborear o jeito americano de fazer costela, pelas mãos de um italiano.
Como há um padrão a ser respeitado para que as receitas sejam idênticas em toda a Rede, os ingredientes são selecionados e até a água usada no preparo tem uma classificação específica. Um charme dos restaurantes Tony Roma’s no Brasil é que oferecem seis opções de molhos tropicalizados, especialmente para agradar o paladar do brasileiro.
Agora a Rede parte para ampliação de mais lojas pelo país. Rio de Janeiro e Belo Horizonte estão na mira para o projeto ser implementado nos próximos anos. Mas também há projetos de ampliar a Rede pelo interior do Estado de São Paulo, e abrir mais algumas unidades na capital.
O local transpira cultura americana. A arquitetura dos dois restaurantes é um convite para ficar e ficar. Servem almoço, happy hour com 50% de desconto e estendido por uma hora a mais, e jantar.

TP Eventos está com alguns pacotes para eventos na Unidade do Morumbi e Moema. Contato: tonyromas@tpeventos.com.br | (11) 2674-5050 | (11) 97028-0077 | (11) 97794-5300 (Watts)
Venha fazer seu evento nos restaurantes com infra estrututa para eventos pequenos, médios e grandes.

Unidade Morumbi
Capacidade de 04 a 300 pax
Som Ambiente
01 Telão de 120″
01 TVs de 50″
Mesas e cadeiras
Espaço Kids
Espaço Multifuncional
Valet na porta

Unidade Moema
Capacidade de 04 a 120 pax
Som Ambiente
01 Telão de 120″
01 TVs de 50″
Mesas e cadeira
Espaço Kids
Espaço Multifuncional
Valet na porta

Vídeo das Unidades de Moema e Morumbi

PS. Estudamos Eventos com fechamento do restaurante ao Público em Geral.

, ,

História do Carnaval

A história do carnaval tem suas origens na Antiguidade, sendo uma festa tradicional e popular que chegou ao Brasil durante a colonização.

carnaval é a festa popular mais celebrada no Brasil e que, ao longo do tempo, tornou-se elemento da cultura nacional. Porém, o carnaval não é uma invenção brasileira nem tampouco realizado apenas neste país. A História do Carnaval remonta à Antiguidade, tanto na Mesopotâmia quanto na Grécia e em Roma.
palavra carnaval é originária do latim, carnis levale, cujo significado é retirar a carne. O significado está relacionado com o jejum que deveria ser realizado durante a quaresma e também com o controle dos prazeres mundanos. Isso demonstra uma tentativa da Igreja Católica de enquadrar uma festa pagã.

Na antiga Babilônia, duas festas possivelmente originaram o que conhecemos como carnaval. As Saceias eram uma festa em que um prisioneiro assumia durante alguns dias a figura do rei, vestindo-se como ele, alimentando-se da mesma forma e dormindo com suas esposas. Ao final, o prisioneiro era chicoteado e depois enforcado ou empalado.

O outro rito era realizado pelo rei nos dias que antecediam o equinócio da primavera, período de comemoração do ano novo na região. O ritual ocorria no templo de Marduk, um dos primeiros deuses mesopotâmicos, onde o rei perdia seus emblemas de poder e era surrado na frente da estátua de Marduk. Essa humilhação servia para demonstrar a submissão do rei à divindade. Em seguida, ele novamente assumia o trono.

O que havia de comum nas duas festas e que está ligado ao carnaval era o caráter de subversão de papéis sociais: a transformação temporária do prisioneiro em rei e a humilhação do rei frente ao deus. Possivelmente a subversão de papeis sociais no carnaval, como os homens vestirem-se de mulheres e vice-versa, pode encontrar suas origens nessa tradição mesopotâmica.

As associações entre o carnaval e as orgias podem ainda se relacionar às festas de origem greco-romana, como os bacanais (festas dionisíacas, para os gregos). Seriam festas dedicadas ao deus do vinho, Baco (ou Dionísio, para os gregos), marcadas pela embriaguez e pela entrega aos prazeres da carne.

Havia ainda em Roma as Saturnálias e as Lupercálias. As primeiras ocorriam no solstício de inverno, em dezembro, e as segundas, em fevereiro, que seria o mês das divindades infernais, mas também das purificações. Tais festas duravam dias com comidas, bebidas e danças. Os papeis sociais também eram invertidos temporariamente, com os escravos colocando-se nos locais de seus senhores, e estes colocando-se no papel de escravos.

Mas tais festas eram pagãs. Com o fortalecimento de seu poder, a Igreja não via com bons olhos as festas. Nessa concepção do cristianismo, havia a crítica da inversão das posições sociais, pois, para a Igreja, ao inverter os papéis de cada um na sociedade, invertia-se também a relação entre Deus e o demônio.

A Igreja Católica buscou então enquadrar tais comemorações. A partir do século VIII, com a criação da quaresma, tais festas passaram a ser realizadas nos dias anteriores ao período religioso. A Igreja pretendia, dessa forma, manter uma data para as pessoas cometerem seus excessos, antes do período da severidade religiosa.

Durante os carnavais medievais por volta do século XI, no período fértil para a agricultura, homens jovens que se fantasiavam de mulheres saíam nas ruas e campos durante algumas noites. Diziam-se habitantes da fronteira do mundo dos vivos e dos mortos e invadiam os domicílios, com a aceitação dos que lá habitavam, fartando-se com comidas e bebidas, e também com os beijos das jovens das casas.

Durante o Renascimento, nas cidades italianas, surgia a commedia dell’arte, teatros improvisados cuja popularidade ocorreu até o século XVIII. Em Florença, canções foram criadas para acompanhar os desfiles, que contavam ainda com carros decorados, os trionfi. Em Roma e Veneza, os participantes usavam a bauta, uma capa com capuz negro que encobria ombros e cabeça, além de chapéus de três pontas e uma máscara branca.

A história do carnaval no Brasil iniciou-se no período colonial. Uma das primeiras manifestações carnavalescas foi o entrudo, uma festa de origem portuguesa que na colônia era praticada pelos escravos. Depois surgiram os cordões e ranchos, as festas de salão, os corsos e as escolas de samba. Afoxés, frevos e maracatus também passaram a fazer parte da tradição cultural carnavalesca brasileira. Marchinhas, sambas e outros gêneros musicais também foram incorporados à maior manifestação cultural do Brasil.

História do Carnaval

,

CONFRARIA COMEDY NO BOMBAR TATUAPÉ

Todas as Quintas Feiras, o ConfraRia Comedy traz ao BomBar o shows de Standy-up Comedy com elenco rotativo e convidados especiais.

Local: BomBar Tatuapé – Sao Paulo , SP
Data: 28 de setembro de 2017 | 20h-23h55

Temos alguns ingressos cortesias e só divulgar em suas redes sociais e colocar o link neste post.
A manhã sai os nomes dos ganhadores…. Boa Sorte….

,

Sorteio BOB ZOOM – SHOW!

Com mais de 450 Milhões de visualizações de seus videoclipes, BOB ZOOM – a formiguinha divertida e curiosa – brinca e vive aventuras com sua turma em um espetáculo super especial:
“BOB ZOOM – SHOW”.

No “SHOW” os maiores sucessos do BOB ZOOM são interpretados pela sua trupe – se utilizando de muita música, dança e brincadeiras que auxiliam no desenvolvimento das habilidades fundamentais das crianças – transportando toda a família para uma viagem lúdica ao mundo da alegria.

Todo o conceito foi concebido por profissionais experientes e qualificados em educação e musicalização infantil, estimulando a percepção visual, a concentração e a orientação espacial das crianças.
Estimule a imaginação e divirta toda a família com o BOB ZOOM – SHOW!

Gênero: Infantil

Classificação: Livre – menores de 12 anos só acompanhados dos pais ou responsáveis.

Duração: 60 minutos

Ponto de Venda Sem Taxa de Conveniência:

Atenção: “caso a compra seja feita via celular o assento será escolhido automaticamente. para escolha manual faça a compra via computador”

Valores:

Plateia – Inteira R$ 50,00 | Meia Entrada R$ 25,00 | Aluno Anhembi Morumbi R$ 20,00

Mezanino 1 – Inteira R$ 80,00 | Meia Entrada R$ 40,00| Aluno Anhembi Morumbi R$ 32,00

Crianças a partir de 2 anos até 12 anos, pagam meia entrada .

Localização: Rua Doutor Almeida Lima, 1176 – Mooca – Estação Bresser/Mooca (Saída pela Rua Ipanema)

Atendimento da Bilheteria: Quarta-feira à Domingo: 14h as 19h.

(Em dias de apresentação até o início da sessão).

Lotação: 780 pessoas

AVCB Nº:262007– Validade 25/09/2019

Alvará de Funcionamento Nº 2016-11563-00 – Validade 13/08/2017

,

Hoje é Dia de Maria O Musical

O espetáculo, estrelado por Ligia Paula Machado, estreia no dia 30 de setembro no Teatro Cetip. Adaptado do roteiro original de Carlos Alberto Soffredini, por Francisca Braga, “Hoje é Dia de Maria – O Musical” conta a história de uma menina pobre, do sertão paulista, que de tanto ser mal tratada por sua madrasta e seu pai, resolve sair em busca de seu sonho: encontrar as franjas do mar.

Inédito nos palcos, o romance de Soffredini é inspirado na coletânea de contos de Câmara Cascudo e Silvio Romero, com destaque para “A menina da figueira”, “Lenda do Dia e da Noite” e “Cinderela”.

A partir destes contos e do folclore brasileiro Soffredini criou o seu texto original, compondo assim uma paráfrase, elemento característico de sua dramaturgia como o bem e o mal, o medo e a esperança, a força e a tristeza.

Importante autor teatral, dedicou sua vida a escrever e decifrar a cultura popular nacional traçando um paralelo com a realidade brasileira. Ao parafrasear os contos de tradição oral Soffredini desafia o final das histórias e muda o destino de sua heroína. As franjas do mar traduzem em linguagem poética a energia vital que leva Maria para um destino diferente dos traçados nas histórias.

Na versão levada aos palcos será estimulado o lúdico, através das músicas, coreografias de sapateado americano e irlandês, ballet clássico, acrobacias de solo e aéreas, dialogando entre o erudito e o popular, criando uma atemporalidade.

Nessa transposição para o teatro, “Hoje é Dia de Maria” terá uma tripla direção com Dan Rosseto, Ligia Paula Machado e Kléber Montanheiro, além de Dyoníso Moreno na parte musical. Eles coordenarão uma equipe de 05 atores, 06 bailarinos e 08 músicos.

No repertório musical canções populares e grandes compositores (Caetano Veloso, Catulo da Paixão Cearense, Gonzaguinha, Renato Teixeira, Marisa Monte, Vinicius de Moraes, Herivelto Martins e até Victor e Léo), ajudando a contar essa fábula.

Ficha Técnica:

Texto: Carlos Alberto Soffredini

Adaptação do roteiro original: Francisca Braga

Direção Geral: Dan Rosseto, Ligia Paula Machado

Direção de Arte: Kleber Montanheiro

Direção Musical: Dyonisio Moreno

Elenco: Ligia Paula Machado, Cleto Baccic, Kleber Montanheiro, Luiz Araújo, Camila Brandão e Felipe Machado.

Encantados: Alberto Goya, Guilherme Pivetti, João Canedo, Roger Ciel, Vittor Fernando e Hicaro Nicolai.

Músicos: João Paulo Pardal (guitarra), Murilo Emerenciano (piano), Renan Cacossi (flauta), Guto Brambilla (baixo), Felipe Machado (violão), Jonatan Motta(violino), Mathilde Fillat (violino), Rafael Lourenço (Percussão).

Cenografia e Figurinos: Kleber Montanheiro

Coreografias: Ligia Paula Machado

Designer de Som: André Breda

Designer de Luz: Wagner Pinto

Supervisão Circense: Circo Garcia

Cenotécnico: Gil Verx

Técnicos de palco: Jackson Oliveira e Beto Boing.

Assistentes de produção: Tiago Queiroz, Wallace Toledo e Camila Machado.

Assessoria de Imprensa: Fabio Camara

Realização: MP Produção Cultural

Serviço:

LOCAL: Teatro CETIP, Rua Coropés, 88 – Pinheiros. 627 lugares. (Complexo Ache Cultural). Acesso a deficiente. (Estacionamento no local.)

DATA: 30/09 até 27/11 (Sexta, Sábado às 21h e Domingo 18h)

INFORMAÇÕES: 4152-9370 e www.musicalhojeediademaria.com.br

INGRESSOS: R$ 150,00 (plateia vip), R$120,00 (plateia inferior), e R$ 60,00 (plateia superior), R$50,00 (plateia superior AA).

Vendas: www.ticketsforfun.com.br /(11) 4003 – 5588

DURAÇÃO: 105 min

CLASSIFICAÇÃO: 12 anos

GRATUITO – ONGs E ESCOLAS PÚBLICAS:
ONGs e Escolas Públicas: entrada gratuita (agendar diretamente no e-mail contato@mpproducaocultural.com.br)

Hospedagem Oficial:

Ibis_Styles_logo_2012

Ibis Styles Faria Lima – Tarifa promocional para participantes R$ 149,00 (singles) e R$ 169,00 (double) com café da manhã no final de semana.
Reservas pelo telefone 11-3093-7200
Reservas por e-mail: ha1b6-re@accor.com.br
(mencionar o nome do Musica Hoje é Dia de Maria para conseguir o desconto)
Rua Tavares Cabral, 61 | Pinheiros – São Paulo – SP

Equipe:

Dan Rosseto – Graduado em Comunicação Social, Cinema e Pós-Graduado em Crítica de Arte e diretor da escola Applauzo Produções. Dirigiu esse ano Diga que Você já me Esqueceu de sua autoria e As Loucuras que as Mulheres Fazem de Luciana Guerra Malta. Em 2015, foi responsável pelas direções de O Colecionador de Universos e o Falcão Vingador de Luccas Papp, Lisbela e o Prisioneiro – O Musical de Osman Lins, Tadzio de Zen Salles e Antes de Tudo, seu segundo texto montado. Esteve à frente da direção dos espetáculos Manual para Dias Chuvosos (2014) de sua autoria, Valsa nº 6 (2012) de Nelson Rodrigues, Eles não usam Black Tie (2011) de Gianfrancesco Guarnieri, Quando as Máquinas Param (2008) de Plínio Marcos, Maldito Coração (2008) de Vera Karam, O Colecionador (2007) de Mark Healy, Dois Irmãos (2006) de Fausto Paravidino entre outros. É fundador da Cia. Eventual de Teatro e esteve em países como México e Chile com a peça Marcas de um Crepúsculo (2005), Antes que seja Tarde (2008) e Como Dizemos, Adeus (2009). Como ator, esteve nas montagens de Imperador e Galileu (2008) de Henrik Ibsen, O Beijo no Asfalto (2007) de Nelson Rodrigues, Canãa – A Terra Prometida (2005) de Jarbas Capusso Filho, Mão na Luva (2001) de Oduvaldo Viana Filho, Ponto de Partida (1999) de Gianfrancesco Guarnieri, Madame Blavatsky (1997) de Plínio Marcos entre outros.

Ligia Paula Machado – Atriz, produtora, diretora, coreógrafa, cantora, bailarina clássica e sapateadora. Há 09 anos trabalha produzindo espetáculos em São Paulo com sua empresa, a MP – Produção Cultural. Há 15 anos está na carreira artística, durante este tempo atuou em 12 espetáculos, dentre eles 08 foram suas produções, destaque para “O Primo Basilio – O Musical” por 04 anos em cartaz, “Lisbela e o Prisioneiro – O Musical” em 2015 e “Blink” esse ano. Na MP – Produção Cultural além de dirigir a empresa, Ligia ainda realiza a elaboração dos projetos nas leis de incentivo a cultura e a captação dos recursos. Durante estes 09 anos de produção garantiu grandes patrocinadores para seus projetos, como: Banco Bradesco, Lojas Riachuelo, Aché Farmacêutica, Tokio Marine Seguradora e SCANIA do Brasil. Também formada em Fonoaudiologia e especialista em voz profissional concilia sua vida artística com o consultório e o trabalho de fono empresarial.

Kleber Montanheiro – Ator, diretor, cenógrafo, figurinista e iluminador. Destaca-se na criação de cenário, figurino e luz do espetáculo Misery, com Marisa Orth e Luis Gustavo; Cada um com seus ‘pobrema’, de Marcelo Médici; cenário e iluminação de Madame de Sade, direção de Roberto Lage, Macbeth, dir. de Regina Galdino, entre muitos outros. Foi integrante do projeto de humanização hospitalar Doutores da Alegria, de 1993 a 2003. Recebeu indicações ao prêmio FEMSA por Chapeuzinho Vermelho (figurinos-2001); O Rouxinol (iluminação e figurinos-2002); Marias do Brasil (figurinos-2003); Amazônica (cenário e iluminação-2005); O Doente Imaginário (cenário-2007) e Sonho de uma Noite de Verão (figurinos e direção-2008). Ganhou o prêmio APCA 2008 por Sonho de Uma Noite de Verão e o prêmio FEMSA 2009 por A Odisséia de Arlequino, ambos de melhor diretor. Foi indicado ao prêmio CPT 2012 pela direção de Cabeça de Papelão e vencedor dos prêmios APCA e FEMSA 2012 pelos cenários e figurinos de A História do Incrível Peixe Orelha. Dirigiu em 2013 no Teatro Popular do SESI: Crônicas de Cavaleiros e Dragões, de Paulo Rogério Lopes, recebendo o prêmio FEMSA 2013 de melhor iluminação. Suas últimas direções no teatro em 2014/2015 foram: Ópera do Malandro, de Chico Buarque de Hollanda; Navio Fantasma – O Holandês Voador e O Cigano e o Gigante, ambos de Paulo Rogério Lopes; Sobre Cartas & Desejos Infinitos, de Ana Luiza Garcia e Os Dois Cavalheiros de Verona, de William Shakespeare, para a Cia. da Matilde. Esse ano dirigiu Blink, de Phill Poter e o musical Um Dez Cem Mil Inimigos do Povo. Dirige artisticamente a Cia da Revista.

Cleto Baccic – Vencedor do Prêmio APCA 2014 na “categoria melhor ator” por sua interpretação de Cervantes/Don Quixote, Cleto Baccic já esteve à frente de importantes produções da Broadway realizadas no Brasil como “CATS” (Rum Tum Tugger), “Mamma Mia!” (Harry Bright), ambas produzidas pela T4F, e “A Madrinha Embriagada” (Aldolpho), produzida pelo Atelier de Cultura com direção de Miguel Falabella. Seu primeiro trabalho em teatro musical foi na montagem de “Tieta do Agreste” sob direção de Christina Trevisan e Pedro Paulo Bogossian. Em teledramaturgia foi dirigido por Flávia Moraes na primeira temporada do seriado “Tô Frito” exibido na Band e MTV. Na Casa de Artes Operária foi aluno de Ana Taglianetti, Kátia Barros e Saulo Vasconcelos, onde participou das montagens acadêmicas de “Sweeney Todd” (Juiz Turpin) e South American Way (David Sebastian).

Luiz Araújo – Formado pela Escola de Artes Dramáticas da USP, já atuou em mais de 16 peças de teatro com destaque para Lisbela e o Prisioneiro – O Musical com direção de Dan Rosseto e Ligia Paula Machado, Hecuba de Eurípedes, dirigido por Gabriel Villela, Zorro, o Musical com direção de Roberto Lage, Tieta do Agreste, o Musical de Jorge Amado, com direção de Christina Trevisan, Tom e Vinícius, o Musical de Daniela Pereira de Carvalho, dirigido por Daniel Herz e Garota Glamour com texto e direção de Wolf Maya, Mania de Explicação de Adriana Falcão, dirigido por Gabriel Vilela. Foi indicado ao PREMIO QUALIDADE BRASIL na categoria Melhor Ator de Musicais, por Tieta do Agreste, o Musical. Na TV atuou na minissérie Dalva & Herivelto de Maria Adelaide Amaral. No cinema participou dos filmes Jovens Tardes, Cama de Gato, Coda, Não Vai ser Fácil e Desatino

Teatro Cetip (Instituto Tomie Otake)

O Instituto Tomie Ohtake, inaugurado em novembro de 2001, destaca-se por ser um dos raros espaços da cidade especialmente projetado, arquitetônica e conceitualmente, para realizar mostras nacionais e internacionais de artes plásticas, arquitetura e design.

Como homenageia a artista que lhe dá o nome, o Instituto desenvolve exposições que focalizam os últimos 60 anos do cenário artístico, ou movimentos anteriores que levam a entender melhor o período em que Tomie vem atuando, organizando mostras inéditas no Brasil como Louise Bourgeois, Josef Albers, Yayoi Kusama, Salvador Dalí, Joan Miró, entre outras.

*Para assuntos relacionados ao Teatro Aliança Francesa:

Telefone: (11) 2245-1900
Site: http://www.institutotomieohtake.org.br/

, ,

Olimpíadas do Rio de Janeiro 2016

Jogos Olímpicos de 2016 oficialmente Jogos da XXXI Olimpíada, mais comumente Rio 2016, será um evento multiesportivo realizado no segundo semestre de 2016, na cidade do Rio de Janeiro, Brasil.

A escolha foi feita durante a 121ª Sessão do Comitê Olímpico Internacional, que aconteceu em Copenhague, Dinamarca, em 2 de outubro de 2009. Os Jogos Paralímpicos de Verão de 2016 serão sediados na mesma cidade e organizados pelo mesmo comitê.

Será a primeira vez que os Jogos Olímpicos serão sediados na América do Sul e a segunda vez na América Latina, depois da Cidade do México 1968. Será também a terceira vez que acontecerão no hemisfério sul, depois de Melbourne 1956 e Sydney 2000. Além disso, será também a oitava vez que o Brasil sediará um grande evento multiesportivo.

O evento ocorrerá entre os dias 5 e 21 de agosto de 2016 e as Paraolimpíadas serão entre 7 e 18 de setembro do mesmo ano. O local de abertura e encerramento será no Estádio do Maracanã. Serão disputadas 28 modalidades, duas a mais em relação aos Jogos Olímpicos de Verão de 2012. O Comitê Executivo do COI sugeriu as inclusões do rugby sevens e do golfe, e foram aprovados durante a 121ª Sessão.
Abertura, Encerramento e Lema

Acontecerão no mês de agosto de 2016 na cidade do Rio de Janeiro (Brasil), os XXXI Jogos Olímpicos de Verão. A abertura será realizada no dia 5 de agosto. A cerimônia de encerramento ocorrerá no dia 21 de agosto. O lema dos jogos será “Viva sua paixão”. As duas cerimônias acontecerão no Estádio do Maracanã.

O estádio do Maracanã foi totalmente reformado e modernizado. Sua capacidade atual é de 82.000 espectadores.

As cerimônias de abertura e encerramento serão vistas pela televisão por, aproximadamente, 4,5 bilhões de pessoas no mundo todo (estimativa).

A expectativa é de que participem, nas Olimpíadas 2016, cerca de 10.500 atletas de 206 nações.

Modalidades

Ao todo serão disputadas 28 modalidades olímpicas, duas a mais (Rúgbi de sete e Golfe) do que as dos Jogos Olímpicos de 2012.

Mascotes

As Olimpíadas do Rio 2016 contará com dois animados mascotes. Representando a fauna e a flora, eles são: Vinícius (representa os animais do Brasil) e Tom (representa as plantas do Brasil). Os nomes são justas homenagens a dois grandes compositores da música popular brasileira: Vinícius de Moraes e Tom Jobim.

Locais de competição:

As provas ocorrerão em 32 locais de competição em quatro regiões (zonas) da cidade do Rio de Janeiro:

Zona Barra

– Centro Olímpico de Treinamento: basquetebol, handebol, judô, lutas e taekwondo
– Centro Olímpico de Hóquei: hóquei sobre a grama
– Centro Olímpico de Tênis: tênis
– Velódromo Olímpico do Rio: ciclismo de pista
– Centro Aquático Maria Lenk: polo aquático e saltos ornamentais
– Estádio Olímpico de Desportos Aquáticos: nado sincronizado e natação
– Arena Olímpica do Rio: ginástica artística, ginástica rítmica e ginástica de trampolim
– Riocentro: badminton, halterofilismo e tênis de mesa e boxe.
– Condomínio Reserva Uno: golfe

Zona Deodoro

– Centro Nacional de Hipismo: hipismo
– Centro Nacional de Tiro: tiro esportivo
– Parque do Pentatlo Moderno: pentatlo moderno
– Arena de Deodoro: esgrima
– Parque Radical: BMX, canoagem slalom e mountain bike

Zona Maracanã

– Estádio do Maracanã: cerimônias de abertura e encerramento e finais do futebol.
– Estádio Olímpico João Havelange: competições de atletismo.
– Praia de Copacabana: sede da maratona aquática, do voleibol de praia e do triatlo.
– Ginásio do Maracanãzinho: voleibol
– Sambódromo da Marquês de Sapucaí: tiro com arco e chegada da maratona
– Estádio São Januário: rugby de sete

Zona Copacabana

– Lagoa Rodrigo de Freitas: canoagem velocidade e remo
– Praia de Copacabana: maratona aquática, voleibol de praia e triatlo
– Marina da Glória: vela
– Parque do Flamengo: ciclismo de estrada e marcha atlética

Estádio do Maracanã: cerimônias de abertura, encerramento e finais do futebol.

Áreas não esportivas

– IBC/MPC
– Praia Olímpica
– Vila de Mídia
– Vila Olímpica

Saiba mais (notícias, informações, números e curiosidades):

– Em 14/06/16, foram apresentadas as medalhas que serão distribuídas aos atletas nos Jogos Olímpicos de 2016. A novidade é que elas são sustentáveis. As medalhas de ouro são totalmente livres de mercúrio. Jás as medalhas de prata e bronze possuem, em sua composição metálica, 30% de material de origem reciclável.

– Em 2020, as Olimpíadas ocorrerão na cidade do Tóquio (capital do Japão).

– Acesse mais informações sobre as Olimpíadas do Rio de Janeiro de 2016 no site oficial do evento: Rio 2016.

– A tocha olímpica foi acessa em 21 de abril de 2016, na cidade de Olímpia (Grécia). A pira olímpica será acessa em 5 de agosto de 2016, no Estádio do Maracanã (Rio de Janeiro). A tocha olímpica chegará ao Brasil em 3 de maio. Em nosso país, será conduzida por 12 mil pessoas, passando por mais de trezentas cidades.

– Nos Jogos Olímpicos do Rio de 2016, farão a cobertura jornalística cerca de seis mil profissionais de imprensa e vinte mil de televisão.

– Serão disputadas 306 provas com medalhas. Serão 161 provas masculinas, 136 femininas e 9 mistas.

– Antes do início dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, serão realizados 39 eventos-teste. Estes tem como objetivo principal identificar possíveis falhas ou possibilidades de melhorias.

– Outro número que impressiona neste evento é o número de ingressos colocados a disposição: 7,5 milhões.

– Cerca de 45 mil voluntários participarão da organização das Olimpíadas de 2016.

– Serão distribuídas 971 medalhas durante os Jogos Olímpicos.

– A nadadora do Nepal Gaurika Singh é a atleta mais jovem que participará dos Jogos Olímpicos do Rio. Com apenas 13 anos, ela tentará ganhar uma medalha nos 100 metros costas.

– Haverá pela primeira vez, no Brasil, um álbum de figurinhas dos Jogos Olimpicos. A empresa Panini deverá dar destaque para os atletas olímpicos brasileiros que participarão das Olimpíadas de 2016.

Tabela de Jogos

Gravação DVD Tony Angeli – 50 anos

Com participações especiais de Agnaldo Rayol e Sergio Reis, o italianíssimo Tony Angeli grava DVD comemorativo aos 50 anos de sua carreira, no dia de julho, às 20h30, no Teatro Gamaro , em São Paulo. Quinze canções italianas – “Meglio stasera”, “Amor scusami”, “Volare”, “Zingara”, “Io che amo solo te” (com participação Sergio Reis), “Marina”, “Nom pensare a me”, “Champagne”, “Ó sole mio” (com participação Agnaldo Rayol), “Dio come ti amo”, “Tango uno”, “Sempre sempre”, “Chellalla”, “Legata a um granello di sabia” e “Funiculi funicula” – compõem o repertório musical do DVD de Tony Angeli, que conta – entremeadas por vários momentos de bate papo com os convidados – a sua trajetória na América do Sul, em especial no Brasil.

Tony Angeli Italian

Única apresentação: 14 de Julho de 2016.

Quinta-feira às 20h30

Valores:

Plateia – Indisponível

Mezanino 1 – Preço Único – Antecipado R$ 30,00

Mezanino 1 – Aluno Anhembi Morumbi – Antecipado R$ 12,00 (limitado 06 ingressos)

Mezanino 2 – Preço Único – Antecipado R$ 20,00

Mezanino 2 – Aluno Anhembi Morumbi – Antecipado R$ 8,00 (limitado 04 ingressos)

Gênero: Show

Classificação: Livre ( Acompanhados de pais ou responsáveis com documentação)

Duração: 2 horas

Ponto de Venda Sem Taxa de Conveniência: Bilheteria do Teatro Gamaro – Telefone: 11 2872-1457( bilheteria)

Localização: Rua Doutor Almeida Lima, 1176 – Mooca – Estação Bresser/Mooca (Saída pela Rua Ipanema)

Atendimento da Bilheteria: Quarta-feira à Domingo: 14h as 19h.

(Em dias de apresentação até o início da sessão).

Lotação: 780 pessoas

AVCB Nº:121408 – Validade 18/08/2016

Alvará de Funcionamento Nº 2016-11563-00 – Validade 13/08/2017

Tony Angeli (Veneza) é um cantor italiano.

,

PINK FLOYD TRIBUTO

O diferencial da banda PINK FLOYD BRASIL é a execução das músicas em perfeita sincronia com o telão exibindo os vídeos tão característicos da banda Pink Floyd, incluindo os pontos altos do filme “The Wall” (versão cinematográfica do álbum de mesmo nome) O repertório da banda PINK FLOYD BRASIL abrange todos os maiores sucessos como: “Wish you were here”, “Echoes”, “Time”, “Shine on you crazy diamond”, “Another brick in the wall”, “Comfortably numb”, “Learning to fly”, “High hopes”, entre outras.

Única apresentação: 20 de Agosto de 2016.

Sábado às 21h

Valores:

Inteira R$ 80,00| Meia Entrada R$ 40,00| Aluno Anhembi Morumbi R$ 30,00

Gênero: Rock

Faixa Etária: 16 anos e menores acompanhados de pais ou responsáveis com documentação

Duração: 75 minutos

Ponto de Venda Sem Taxa de Conveniência: Bilheteria do Teatro Gamaro

Localização: Rua Doutor Almeida Lima, 1176 – Mooca – Estação Bresser/Mooca (Saída pela Rua Ipanema)

Atendimento da Bilheteria: Quarta-feira à Domingo: 14h as 19h.

(Em dias de apresentação até o início da sessão).

AVCB Nº:121408
Validade: 18/08/2016
Lotação: 780 pessoas